Falta de sexo

Camões carente

O Vestibular da Universidade da Bahia cobrou dos candidatos a

interpretação do seguinte trecho de poema de Camões:

Amor é fogo que arde
sem se ver,
é ferida que dói e não se sente,
é um contentamento descontente,
dor que desatina sem doer .

Uma vestibulanda de 16 anos deu a sua interpretação :

Ah, Camões!, se vivesses hoje em dia,
tomavas uns antipiréticos,
uns quantos analgésicos
e Prozac para a depressão.
Compravas um computador,
consultavas a Internet
e descobririas que essas dores que sentias,
esses calores que te abrasavam,
essas mudanças de humor repentinas,
esses desatinos sem nexo,
não eram feridas de amor,
mas somente falta de sexo !

A Vestibulanda ganhou nota DEZ, pela originalidade, pela estruturação dos
versos, das rimas insinuantes e também, foi a primeira vez que, ao longo
de mais de 500 anos, alguém desconfiou que o problema de Camões era apenas
falta de sexo.

Uma resposta em “Falta de sexo

  1. I must voice my passion for your kindness supporting those who absolutely need guidance on that matter. Your real dedication to getting the message all around appeared to be amazingly productive and has in most cases empowered many people much like me to get to their goals. Your new informative guidelines entails much a person like me and especially to my mates. With thanks; from all of us.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s